Subcribe And Share :

Twitter icon facebook icon Digg icon Technorati icon facebook icon Delicious icon More share social bookmark service

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Sem precatório: juízes federais e do trabalho estão recebendo indenização bilionária

Uma medida administrativa do Conselho da Justiça Federal abriu caminho para uma reparação bilionária que a União terá de pagar para várias instâncias do Judiciário que reclamam o pagamento atrasado de auxílio-moradia nos anos 90.
Por meio de medida administrativa adotada em março - e que veio a público somente na semana passada -  o CJF concedeu a todos os juízes federais do país o pagamento de auxílio-moradia retroativo ao período que vai de setembro de 1994 a dezembro de 1997.
A medida é extensiva aos aposentados que estavam em atividade na ocasião e também a pensionistas - e foi copiada pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho e valerá mesmo para quem morava na mesma cidade em que trabalhava e para os já extintos juízes classistas. Todas estas informações são do jornal Folha de S. Paulo em sua edição de sábado (15). O texto original é da jornalista Andréa Michel, da sucursal de Brasília. [...]

Entidades de juízes emitem nota para explicar pagamento...

demo template blog and download free blogger template feature like magazine style, ads ready and seo friendly template blog
DheTemplate is galleries new free blogger template with a good design and layout include feature ready added for your blog. DheTemplate.com - NEW FREE BLOGGER TEMPLATE EVERYDAY !!

3 comentários:

Ernesto disse...

Oi New,

Desculpe a demora do agradecimento, mas estava procurando o post, mas ele sumiu, felizmente já havia copiado a imagem.

Mais uma vez obrigadão pela lembrança!

Agora, de uns tempos pra cá tenho desconfiado de todas as notícias veiculadas pela Folha e pela Veja, pelo sim pelo não fico com a resposta da Anamatra sobre a equivalência.

Mas...........


Bom ainda estou no estágio probatório! rsrsrsrs

Beijos minha linda!

Luma disse...

Parece que existe uma parcela de equivalência que precisa cobrir as diferenças de pagamentos. Algum erro de cálculo que somente agora está sendo corrigido. A notícia como o Ernesto sugeriu é equivocada. Até porque a igualdade de remuneração entre os membros do poder é amparada por lei específica - nº8448/92.

Garota, quantos blogues tem e contribui afinal?? (rs*) Beijus

TuDo Personalizado disse...

Olááááá,
Adorei o blog! E vi esse aqui. que que vai adorar demais...

http://tdpersonalizado.blogspot.com

Vale a pena...é uma fofura!

Bjs

Postar um comentário

Xeretando, heim?
Ótimo. Seja sempre bem vindo e volte sempre, inclusive para ler o que respondi, aqui mesmo.